Há temas em que somos obrigados a tomar partido. Como o tráfico de pessoas. Não se pode ficar neutro.

Se você não está contra, se não faz algo contra isso, você está contribuindo para que essa tremenda injustiça continue existindo.
Abra os olhos para a realidade. Abra o seu coração para as vítimas.

“Mesmo que tentemos ignorá-la, a escravidão não é algo de outros tempos.

Perante esta trágica realidade, não podemos lavar as mãos se não quisermos ser, de certa forma, cúmplices destes crimes contra a humanidade.

Não podemos ignorar que hoje há escravidão no mundo, tanto ou talvez mais do que antes.

Rezemos pelo acolhimento generoso das vítimas do tráfico de pessoas, da prostituição forçada e da violência”.

Pela Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração – http://www.oraciondelpapa.net).

Se quiser ver mais vídeos sobre as intenções do Papa, visite http://www.elvideodelpapa.org

Com a colaboração do Centro Televisivo Vaticano (http://www.ctv.va)

 

Comente