Conheça mais sobre o Frei Bruno Linden, que faleceu em Joaçaba com fama de santidade e está em processo de beatificação

O quadro “O Brasil na Missão Continental”, da Rádio Vaticano e disponível em formato áudio no site do Vatican News, trouxe nesta semana uma conversa com dom Mário Marquez, O.F.M. Cap, bispo da diocese de Joaçaba, no oeste de Santa Catarina, sobre a piedade popular na realidade dessa Igreja particular. Em especial, a entrevista fala do frei Bruno Linden, um frade franciscano que viveu na região e que morreu com fama de santidade.

A devoção ao frei Bruno Linden

Dom Mário traz à conversa a figura luminosa de Frei Bruno Linden e a devoção dos fiéis por esse religioso franciscano de origem alemã, que chegou ao Brasil como jovem noviço em 1894, passando pela Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e viveu em Joaçaba os seus últimos cinco anos de vida terrena: ele faleceu com fama de santidade em 25 de fevereiro de 1960.

A Romaria Penitencial de Frei Bruno

Seus devotos consideram-no santo devido às graças alcançadas por seu intermédio. Seu nome é conhecido em toda Santa Catarina e está presente em diversas obras, como hospitais, ginásios, colégios e bairros. Em sua homenagem, Joaçaba realiza todos os anos, no mês de fevereiro, a Romaria Penitencial de Frei Bruno, com a participação, cada vez maior, de milhares de fiéis de diferentes regiões do país.

A caminho do altar

Iniciada em 2012, a Causa de Beatificação do frade missionário teve sua fase diocesana concluída em 25 de fevereiro passado, tendo sido então encaminhada para Roma chegando ao Vaticano dia 16 de abril, e no dia 7 de maio os documentos foram abertos para dar conhecimento e prosseguir com o processo na Congregação das Causas dos Santos.

Santos em Santa Catarina

O Estado brasileiro de Santa Catarina também tem a graça de fazer parte da vida de Santa Madre Paulina, religiosa fundadora canonizada por São João Paulo II em 2002, e da beata Albertina Berkenbrock, mártir da pureza e, por isso, considerada a “Santa Maria Goretti” brasileira.

Comente